Parque Nacional de Cantanhéz

BREVE HISTORIAL SOBRE PNC

As maiores manchas de floresta densa do país

O Parque Nacional de Cantanhez foi criado para conservar as maiores manchas de floresta densa do país, alguns dos quais são florestas primárias. Integra um património cultural interessante pela diversidade étnica da sua população mas também porque as suas florestas abrigaram os combatentes da luta pela independência, constituindo assim um símbolo nacional. Além das florestas, os 1 057 km 2 do PNC albergam uma grande diversidade de habitats naturais como braços de mar, mangais, florestas secas e savanas, aos quais se acrescentam os espaços transformados pelo ser humano como arrozais, palmares, pomares (caju, citrinos). Estes mosaicos explicam a diversidade da flora e da fauna, com espécies emblemáticas como o chimpanzé e o elefante. A população humana é composta das etnias Nalú, Balanta, Sussu, Tanda, Djacanca e Fula, cada uma delas praticando um sistema de produção próprio. O desafio consiste numa combinação harmoniosa entre as necessidades do desenvolvimento e as da conservação da biodiversidade.


Visitas e Hospedagens

EM CONSTRUÇÃO